31 de jan de 2011

De Barcelos a Santiago de Compostela

Em Dezembro passado, após o feito impressionante de Carlos Sá que percorreu 203 km's em 20h40m, Carlos Castro do blog Crónicas das Corridas realizou uma entrevista a Carlos Sá.

Assim começa:
De entre a vasta panóplia de acontecimentos e páginas brilhante escritas pelo atletismo português no passado fim de semana, esta que me proponho aqui relatar é sem dúvida uma das mais emocionantes e heróicas!
Muitos dos que me lêm são maratonistas, pelo que sabem bem o grau de dificuldade que comporta uma maratona. Muitos já a venceram, já quebraram a barreira ou bateram no "muro"... muitos já sofreram a bom sofrer, na ânsia de chegar ao fim...
Pois o meu desafio é: imaginem, se tal é possível, cortar essa meta dos 42,195 km e... saberem que ainda faltam mais quatro distâncias iguais! Cinco maratonas de uma acentada!
Agora, acrescentem-lhe um desnível acumulado de 6000 m, por caminhos tortuosos! É para poucos, não é?!...
A história que aqui deixo, serve apenas como homenagem singela ao Carlos Sá, um amigo e um grande Homem (a inicial maiúscula tem o seu motivo).



Um comentário:

  1. É uma honra esta citação, Carlos!
    Espero que essa simples entrevista tenha de algum modo contribuído para a divulgação da sua causa e da aventura fantástica!
    Obrigado.

    ResponderExcluir