29 de mar de 2011

De partida para a aventura do Deserto


O atleta Carlos Sá do Team ChaYmit/Amigos da Montanha participa numa das mais emblemáticas Ultra Maratonas do Mundo (Marathon des Sables), prova que se desenrola de 1 ao 11 de Abril e consiste percorrer 250km's em pleno deserto do Sahara em Marrocos.

 Esta competição conta com 886 atletas de todo o Mundo, que durante 7 dias de prova testam os seus limites, enfrentando as temperaturas extremas, que durante o dia podem atingir os 50ºC e durante a noite os -7ºC. Os atletas têm que correr em média uma maratona por dia e numa das etapas 84km, enfrentar os répteis mais perigosos do planeta (escorpiões, cobras, aranhas, etc.), carregar às costas toda a logística que achem necessária para essa semana, (ex: comida, saco cama, roupa quente para enfrentar as temperaturas negativas da noite, kit de extracção de veneno, lanterna, fogão, cantina, etc.), fazer o percurso em orientação utilizando apenas uma bússola e um mapa correndo o risco de se perderem se fizerem uma má leitura do terreno.

Durante longos 7 dias não tomam banho, não trocam de roupa, comem sempre as mesmas coisas (barras energéticas, frutos secos e massas liofilizadas), racionam a água ao mínimo; por todo isto é considerada a prova de sobrevivência mais emblemática do Mundo, onde um número reduzido dos que partem tem capacidade física e psicológica para chegar ao fim.

Carlos Sá, sendo um dos melhores Ultra Maratonistas Mundiais da actualidade, encara este desafio com muito respeito não tendo qualquer previsão do que possa acontecer. Sendo a sua primeira participação numa prova por etapas, as condicionantes são tais que é impossível prever o quer que seja, no entanto está confiante num bom resultado. Acima de tudo, todos os atletas que conseguem finalizar esta prova são já vencedores.

Carlos Sá tem como objectivo ganhar experiência neste tipo de provas e no próximo ano voltar com uma equipa de grandes Ultra Maratonistas Portugueses, para lutar pelos três primeiros lugares, elevando assim o nome de Portugal num dos maiores palcos Mundiais da modalidade.

9 comentários:

  1. Boa sorte, amigo Carlos. Ficaremos a torcer pelo teu melhor resultado!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Boa sorte Carlos para mais esta aventura!!

    Um abraço e que tudo corra bem.

    Nuno Silva

    ResponderExcluir
  3. Muita Força e goza ao máximo a experiência
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Toda a sorte do mundo para esta grande aventura Carlos. Será muito diferente a subir e baixar montanhas, mas estou convencido que fá-lo-ás igual de bem que nos teus reptos anteriores.
    Que o desfrutes ao máximo e que que voltes a Portugal com a satisfação do trabalho bem facto e com a recompensa que te mereças pelo teu rendimento.
    Um forte abraço e que todo vá bem

    ResponderExcluir
  5. Desejamos uma excelente prova ao Carlos Sá.
    Julgamos que o atleta Português até hoje mais bem classificado foi o Professor Mário Machado (6º lugar na segunda edição salvo o erro).
    Curiosamente o Professor Mário Machado faz parte da organização da prova na actualidade.

    ResponderExcluir
  6. desfruta desta aventura... e não passes muita fome e sede:)
    fico a aguardar para voltarmos a subir e descer montanhas
    grande abraço

    ResponderExcluir
  7. Boa sorte, Carlos. Falta dizer apenas que desejo que te divirtas e que não chegues a precisar de usar o kit de extração de veneno.

    Abraço forte.

    ResponderExcluir
  8. Sá desejo-te uma excelente prova e se possível com poucas bolhas. Raciona a água, se precisares apita que te mando uma bejeca fresquinha. Parabéns pela tua coragem e desempenho. Bjs

    Melita

    ResponderExcluir